Uma operação policial denominada Liberdade, realizada pela Delegacia de Homicídios, prendeu, nesta quarta-feira (30), três pessoas suspeitas de envolvimento com crimes.

A operação iniciou-se na Vila Sabará, no CIC, onde foi preso Adair dos Santos, 39 anos, proprietário da Distribuidora de Bebidas Santos. Os policiais receberam uma denúncia que criminosos escondiam armas dentro do estabelecimento. Com um mandado de busca e apreensão, os policiais vistoriaram a distribuidora e encontraram um revólver calibre 38 com numeração lixada.

Em seguida, os investigadores se dirigiram para o Jardim Bonfim, em Almirante Tamandaré, e prenderam Enil Soares de Lima, 25 anos, acusado de cometer um homicídio em novembro de 2011, no Abranches, após se envolver em uma briga de bar.

No momento da prisão de Enil, seu irmão, identificado como Ronivan de Paula Cordeiro, 27 anos, tentou reagir e também foi preso. Ronivan estava com uma carabina calibre 38 e apontou a arma para os policiais, contudo, se rendeu em seguida, entregando a arma.

De acordo com os policiais, a carabina tem um alerta de roubo, em Foz do Iguaçu, mas o suspeito alegou que comprou o armamento para uso próprio. Já na delegacia, Ronivan disse que fez um curso para Guarda Municipal, em Colombo, e está para assumir o cargo.

O principal alvo da operação, um menor identificado pelo nome de “Felipinho”, 16 anos, não foi encontrado. Segundo os policiais, o menor é acusado de quatro homicídios, sendo que, em um deles, a vítima foi morta com nove tiros.