Policiais da Delegacia de Estelionato e Desvio de Cargas (DEDC) prenderam na tarde desta terça-feira (19), na região do bairro Santa Cândida, em Curitiba, Dirceu Alves, de 49 anos, suspeito de falsidade ideológica, falsificação de documento público e uso de documento falso. De acordo com a polícia, Alves também é suspeito de molestar sexualmente uma criança de 7 anos.

A polícia apurou a existência de um mandado de prisão contra o suspeito, expedido pela Justiça de Criciúma, em Santa Catarina, onde ele também é acusado de crimes de pedofilia. Por isso ele trabalhava como corretor de imóveis apresentando-se com a falsa identidade.

Os investigadores chegaram até o suspeito através de uma denúncia da mãe da criança que teria sofrido a violência. Ela informou à polícia que o suspeito estava utilizando nome e documentação falsa, que foi apresentada aos policiais no momento da prisão. Segundo a polícia, além das cédulas de identidade falsificadas, o suspeito estava utilizando a identidade de um amigo, que desconhecia a fraude.