Laura foi assassinada pelo marido.

Três disparos de revólver acabaram com o relacionamento de seis anos entre Valdecir da Costa e Silva, 33 anos, e Laura Jungles, 25. O crime aconteceu na tarde de ontem, em Almirante Tamandaré. Após mais uma discussão, fato que se tornara constante na vida do casal nos últimos dois meses, Valdecir tomou a drástica atitude de matar a esposa e depois tentar tirar a própria vida. Armado com um revólver calibre 38, ele efetuou dois disparos contra Laura, acertando-a na cabeça, e em seguida disparou contra a própria cabeça. O crime passional aconteceu na Rua São José, bairro Monte Santo.

Os dois corpos foram encontrados por vizinhos que se assustaram com o barulho dos disparos. Ao chegar na casa, viram o casal caído na garagem. Laura já estava morta, enquanto Valdecir ainda respirava, apesar da gravidade do ferimento. O Siate foi acionado e o homem foi encaminhado para o Hospital Cajuru, com uma bala alojada no crânio.

Traição

A tragédia familiar pegou de surpresa os parentes das vítimas, que, transtornados, assistiram à cena. Valdir, irmão de Valdecir, foi quem explicou a provável causa para o crime. Segundo ele, na noite de quarta-feira Valdecir teria encontrado a esposa caminhando pela rua acompanhada por outro homem, que seria o amante dela. O flagrante, aliado ao sentimento de traição, perturbou o marido, mas em nenhum momento ele mencionou tomar uma atitude violenta, conforme relatou Valdir. “Ele passou a noite toda conversando com ela e com nossa mãe, pedindo conselhos e definindo a sua situação”, contou.

O ato cometido por Valdecir chocou o irmão, pois poucas horas antes eles haviam conversado e a vítima comentado que iria se separar e seguir seu caminho. “Ele mudou de idéia depois do almoço durante a discussão”, relatou.

Valdecir tinha uma vida estável e mantinha uma pequena fábrica de brinquedos de madeira. O casal tinha um filho pequeno mas que não se encontrava em casa no momento dos disparos. Estava na residência de parentes.

Vários curiosos se aglomeraram em frente à casa e alguns comentários indicavam que o suposto amante era morador da região.