Ao tentar impedir o assalto a uma lotérica, o soldado Dirlei, do Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária (BPEC), foi baleado, no final da tarde de ontem, no Alto da XV.

Ele foi atingido na região da axila e encaminhado por colegas ao Hospital Cajuru. As informações eram que o policial estava consciente quando deu entrada no centro cirúrgico.

O crime aconteceu próximo à lotérica, na Rua XV de Novembro. O soldado percebeu o assalto e tentou abordar os suspeitos na fuga. Os marginais reagiram e um deles atirou em Dirlei, que não teve tempo de revidar. Segundo testemunhas, a dupla fugiu sentido Pinhais, numa motocicleta Biz preta, e um deles usava capacete rosa.