enkontra.com
Fechar busca

Painel do Crime

Foz do Iguaçu

Servidores são suspeitos de subornar contrabandistas

Grupo investigado pela Polícia Federal ocupa cargos na Guarda Municipal

  • Por Redação

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (10), a Operação Lazuli, com o objetivo de desarticular um grupo de servidores públicos municipais, ocupantes de cargos da Guarda Municipal.

Os suspeitos estariam utilizando a função para obter vantagens ilícitas de eventuais contrabandistas que atuariam nos bairros da cidade permitindo, dessa forma, a continuidade da prática de inúmeros crimes.

Foram cumpridos três mandados de Prisão Preventiva e cinco de Busca e Apreensão nos municípios de Foz do Iguaçu e Santa Terezinha de Itaipu, onde moram dois servidores.

Os mandados foram expedidos pela 5ª Vara da Justiça Federal em Foz do Iguaçu. A Operação foi batizada de Lazuli, uma rocha metamórfica de cor azul, em alusão à cor do uniforme da Guarda Municipal.

As investigações duraram cerca de cinco meses, quando houve intenso acompanhamento dos servidores públicos municipais durante os patrulhamentos realizados nos bairros da cidade. Durante este período, a Polícia Federal contou com o apoio e a colaboração da Secretaria Municipal de Segurança Pública.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Últimas Notícias

Mais comentadas