Átila Alberti
Os marginais praticavam assaltos
a pelo menos um mês, segundo
o delegado Irineu Portes.

Ao invés de ficar com a família durante o final de semana, três presos da Colônia Penal Agrícola aproveitavam os dias que saíam por portaria para praticar novos crimes. A farra acabou esta semana, quando foram detidos em flagrante ao assaltar uma panificadora no Umbará. Além do trio, um quarto indivíduo, foragido da CPA ,também foi preso durante o roubo.

Jeferson Carvalho, 29 anos; Márcio Lourival da Silva, 34; Willian Luiz Figueiredo, 21; cumprem pena por roubo em regime semi-aberto. De acordo com o delegado Irineu Portes, do 13.º Distrito Policial, há pelo menos um mês o trio saía da CPA para cometer vários assaltos usando o veículo Renault Scènic cinza. O carro é da tia de Fábio Jocelin Silva Alvaregnga, 29, que é foragido da CPA e apontado como o líder do bando.

Uma vítima da quadrilha, que teve seus documentos, dinheiro e celular roubados durante um assalto, levou as características do bando e do carro até a polícia. A partir dessas informações, esta semana policiais militares flagraram o quarteto assim que eles roubaram R$ 77,00 em dinheiro, carteiras de cigarro e cartões telefônicos da panificadora. O bando responde agora por mais um processo por roubo e Wiillian também assinou termo circunstanciado por uso de drogas. Com ele a polícia apreendeu uma pequena quantidade de maconha.

O delegado aguarda a tia de Fábio, que prometeu se apresentar esta semana, para esclarecer a conivência dela com os roubos, uma vez que era proprietária do Scènic.