Policiais da Delegacia de Furtos e Roubos recuperaram, na manhã de quarta-feira (19), dois automóveis levados por ladrões e documentos furtados, em 2007, do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), além de placas e lacres para identificar veículos. Reny Augusto Santos Rosa, 32 anos, foi preso e dois adolescentes, apreendidos, no Cajuru, em Curitiba.

A polícia encontrou, estacionado em frente à casa de Reny, nas moradias Cajuru, o Santana placa AHI-6783, furtado no domingo (16). Segundo o delegado-chefe da DFR, Luiz Carlos de Oliveira, os investigadores entraram na casa, onde encontraram Reny, os documentos furtados, as placas e material para identificação de veículos. “Investigamos se tudo isso servia para ‘esquentar’ veículos furtados ou roubados”, comentou o delegado.

Quando os policiais saíam da residência, chegava o Astra placa DEB-7273, conduzido por um adolescente. O veículo foi abordado e o garoto confessou que tinha roubado o carro com outro adolescente. Conforme relatou à polícia, eles assaltaram uma residência em Campo Largo, na terça-feira. Além do Astra, os ladrões levaram vários objetos.

O outro garoto que participou do roubo foi localizado em uma moradia na Vila Trindade, no mesmo bairro. Os policiais foram recebidos a tiros pelo garoto, que tentou fugir, mas foi contido com um tiro no pé. Ele foi encaminhado ao Hospital Cajuru, onde foi medicado.

“A investigação tomou um desdobramento que nos surpreendeu. O trabalho acabou rendendo a solução de um assalto, a recuperação de dois veículos e do material para legalização de automóveis”, afirmou Oliveira.

Furto

Na delegacia, os policiais localizaram o boletim de ocorrência sobre o furto de documentos no Detran, ocorrido em 8 de maio de 2007. Os ladrões tinham levado uma caixa com cerca de 100 espelhos de CRVs. Outro boletim, do início deste ano, registrava o furto de material de uma fábrica que fornece o material para emplacamentos de veículos.

No celular de Reny, os policiais descobriram que várias mensagens em código faziam encomendas de placas. “Ele recebia mensagens codificadas via celular, com encomendas de placas. Investigamos a possibilidade de estas placas terem sido usadas em veículos clonados e, junto com os CRVs, ‘esquentarem’ carros roubados”, disse o delegado.

Reny foi autuado em flagrante por porte de documentação restrita e receptação de produto furtado. Os garotos, reconhecidos pelas vítimas do assalto à residência, foram encaminhados para a Delegacia do Adolescente. “As investigações continuam para apurar a possibilidade de os detidos estarem envolvidos em outros crimes. Os documentos serão analisados para descobrir sua origem e sua autenticidade”, afirmou Oliveira.