O assalto a uma quitanda, no centro de São José dos Pinhais, acabou mal para dois rapazes, na tarde de ontem. Fabiano Santos Souza, 20 anos, e outro, identificado apenas como Bruno, trocaram tiros com policiais militares do 17.º Batalhão.

Os dois foram feridos e transportados pelas próprias viaturas ao Hospital Cajuru, onde já chegaram mortos. Segundo a PM, com eles foram apreendidos dois revólveres, calibre 38, um colete balístico, um pente de pistola calibre 765 carregado e chaves de algema.

O tenente Deiverson, do 17.º Batalhão da PM, disse que os dois haviam assaltado uma quitanda, por volta de 10h30, e fugido com o Astra do proprietário. Pouco tempo depois, o carro foi abandonado, sem as rodas, na vila Del Rey. “Dentro do veículo, um dos bandidos deixou cair a carteira de habilitação. Fomos direto na casa onde ele morava”, contou o tenente.

Tiros

Segundo o oficial, quando chegaram à casa, os policiais viram Bruno e Fabiano correndo pelos fundos, pulando muros de outras casas. “Com a ajuda da Rotam do 17.º BPM, conseguimos cercá-los em uma residência”, completou.

O cabo Schenoveber, da Rotam do 17.º BPM, relatou que os policiais foram recebidos a tiros quando entraram no quarto da casa, enquanto a equipe comandada pelo tenente Deiverson trocava tiros com o outro suspeito, no barracão, nos fundos do terreno.

De acordo com o tenente, os dois já tinham passagens pela polícia. As armas, o colete, a munição e o Astra recuperado foram encaminhados para a delegacia do município.