Arquivo
Chab foi preso recebendo R$ 35 mil.

O delegado Marcus Vinícius Michelotto afirmou em entrevista coletiva que tem outras denúncias de extorsão contra o jornalista Ricardo Chab, 50 anos -preso em flagrante na sexta-feira, em São José dos Pi nhais. Micheloto prometeu que no início da semana terá novidades sobre o caso, mas não adiantou quem seriam as supostas vítimas. Só resumiu que está investigando e que as denúncias surgiram após a prisão de Chab, acusado de extorquir R$ 35 mil da empresa Centronic, para não divulgar matérias contra a empresa.

Até o final da manhã de ontem, Chab e o advogado dele, Antônio Neiva de Macedo Filho, continuavam presos em uma cela na Centro de Operações Policiais Especiais (Cope). Segundo informações os dois ocupam a mesma cela e estão separados dos demais presos por possuírem curso superior.

Demissão

No início da noite de sexta-feira, a assessoria do Grupo RIC -Rede Independência de Comunicação, anunciou a demissão do apresentador. ?A direção da RIC enviou um fax para assessoria do apresentador cancelando seu contrato com a emissora por danos morais?, divulgou a nota.

Prisão

Chab e seu advogado foram presos na manhã de sexta-feira, nas dependências da Rádio Mais, em São José dos Pinhais. O dinheiro foi entregue pelo proprietário da Centronic, Nilson Rodrigues de Godoes, que gravou a cena usando um micro câmara. O dinheiro seria parte do pagamento para que o apresentador não falasse mais da empresa de segurança em seus programas, já que no ano passado vigilantes da Centronic foram presos sob a acusação de assassinar o estudante Bruno Strobel Coelho dos Santos.