Leia a nota na íntegra:

"O radialista e apresentador Ricardo Chab, e seu advogado, Antônio Neiva de Macedo, foram presos no dia 25 de abril, na Rádio Mais, de propriedade do apresentador. Eles são acusados de extorsão. Neiva foi flagrado com 35 mil reais que teria recebido do dono da Centronic, Nilson Rodrigues de Godóes.

A empresa Centronic atua no ramo de segurança patronal e teve seu nome envolvido em um escândalo no ano passado, quando três seguranças da empresa foram acusados de participar da morte do estudante Bruno Strobel.

Com relação ao fato, o grupo RIC – Rede Independencia de Comunicação – informa que também se surpreendeu com a prisão do apresentador Ricardo Chab, lamenta o ocorrido e espera que as autoridades apurem o fato com rigor. No final da última sexta-feira, dia 25 de abril, a direçao da RIC enviou um fax para a assessoria do apresentador cancelando seu contrato com a emissora".

RIC – Rede Independência de Comunicação