A repórter da ÓTV Daiane Cordeiro e o repórter fotográfico Heuler Andrey tiveram seus equipamentos de trabalho roubados dentro da sala de imprensa da Vila Capanema, na noite de ontem (20), antes do início do primeiro jogo decisivo entre Atlético e Flamengo, pela Copa do Brasil.

O equipamento roubado do fotógrafo, que é dele próprio, está avaliado em R$ 100 mil. Já a repórter teve uma câmera e duas baterias roubadas, no valor de R$ 2,8 mil. Os dois registraram boletins de ocorrência na Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos (Demafe).

Segundo o delegado Clóvis Galvão, o caso está sendo investigado. “É uma área restrita em que somente profissionais da imprensa e seguranças têm acesso, mas como no local não há câmeras de segurança, teremos que verificar quem esteve no local no momento do roubo”.