A Polícia Militar de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, recapturou ontem Cristina Ferreira Galo, de 33 anos. Ela havia fugido da delegacia de Quatro Barras no último dia 17 de outubro, onde ela estava presa por tráfico de drogas.

Na fuga, a mulher baleou um policial na perna. O investigador já se recuperou e voltou ao trabalho. Por coincidência, ele estava de plantão ontem, quando a fugitiva voltou a Quatro Barras. Das sete mulheres que escaparam naquele dia, Cristina foi a primeira a ser pega.

A prisão ocorreu às 11h de ontem. Policiais do 17.º Batalhão localizaram a mulher numa chácara da Rua Teixeira Soares, no Jardim Cruzeiro, em São José dos Pinhais, onde ela estava morando.

Fuga

Quando o investigador foi atender um chamado das presas, Cristina – a mentora da fuga – apanhou um revólver e o baleou. Com a carceragem aberta, sete das 35 mulheres escaparam.

A arma, apurou o superintendente José Carlos Neves, possivelmente entrou dentro de um pote com comida, trazido por visitantes, e não foi notado na revista.

Ainda são procuradas as irmãs Jocemari Palmira Verneck e Jociane Aparecida Verneck; Patrícia Aline Florência, Vilma Pedrosa de Almeida e Vera Lúcia Pedrosa, todas detidas por tráfico de drogas.