Foto: Alberto Melnechuky/Tribuna

Odaion foi arrastado
e jogado na valeta.

Um rastro na rua, feito por manchas de sangue, levou moradores da Vila Liberdade, em Colombo, a encontrar o corpo de um homem decapitado, caído dentro de uma valeta, na Travessa Uberlândia, às 22h de segunda-feira. A vítima foi identificada por uma moradora como Odaion Baraca, de aproximadamente 25 anos, e, até o final da tarde de ontem, o corpo permanecia sem identificação oficial no Instituto Médico-Legal.

Quem o identificou foi uma mulher, moradora local, que disse conhecer a vítima. Segundo ela, o pai de Odaion foi assassinado há cerca de um mês, na mesma vila. ?A mãe dele disse que ia embora, depois que o pai foi assassinado. Acho que ele morava sozinho?, relatou a mulher, que preferiu não se identificar.

De acordo com o policial Sidney, do 17.º Batalhão da Polícia Militar (PM), no local prevalece a lei do silêncio. ?O crime deve ter acontecido na esquina, pois há manchas de sangue até a valeta. Mas ninguém fala nada e isso dificulta o trabalho da polícia?, lamentou Sidney. O crime será investigado pela delegacia do Alto Maracanã.