Briga entre grupos de jovens no meio da Praça 19 de Dezembro (a praça do Homem Nu), próximo ao Shopping Mueller, no centro de Curitiba, terminou em assassinato. O crime ocorreu no final da tarde de sábado, sendo vítima o estudante Guilherme Eduardo Thá Pinheiro da Silva, 17 anos. Ele levou tiros no peito e na cabeça e morreu na hora. As informações são de que ele seria integrante de um grupo de “skinheads” (carecas) e a confusão teria se originado por provocações envolvendo mulheres.

Pelo que foi apurado pelo investigador Castro, da Delegacia de Homicídios, Guilherme estava em uma turma de amigos na tarde de sábado. Eles foram até o shopping e compraram bebidas para tomar na praça. A confusão aconteceu quando eles saíam do shopping. “Eles se encontraram com outro grupo, de aproximadamente cinco pessoas. Houve uma discussão entre eles, envolvendo algumas meninas, mas não sabemos o motivo. De repente, alguém sacou um revólver e, sem dizer nada, atirou”, relatou o policial. Os disparos acertaram Guilherme, que tombou na calçada.

A delegacia ainda não identificou o autor dos disparos. “Testemunhas serão chamadas na delegacia para tentar localizar os envolvidos e apurar o motivo da confusão”, concluiu Castro.