Felipe Vaz, 18 anos, estava em casa na Rua Júri Danilenko, no Guarituba, em Piraquara, Região Metropolitana de Curitiba (RMC), quando recebeu uma ligação. Mal sabia ele que esse telefonema era uma emboscada e que, ao sair de casa, seria assassinado. O crime aconteceu na rua, por volta das 20h desta segunda-feira (26).

A Tribuna do Paraná apurou que o rapaz jantava com a mãe quando o celular tocou. Ele conversou um pouco e logo depois saiu de casa, se despedindo, mas dizendo que já voltava. Pouco tempo depois, foram ouvidos os disparos.

Conforme a Polícia Militar (PM), o autor do crime estava de bicicleta. Ele teria conversado rapidamente com Felipe antes de atirar. Foram três tiros e o rapaz morreu antes mesmo da chegada do Siate. O assassinato é investigado pela Polícia Civil, que agora procura por mais informações sobre o autor.