O jovem Willian Renato Prestes, 22 anos, foi executado com cinco tiros de revólver 38, três nas costas e dois no peito, por volta das 23h de sábado. Ele estava caminhando pela Rua Profeta Elizeu, no Umbará, quando foi alvejado pelos tiros.

Segundo o relato de moradores a investigadores da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o rapaz era conhecido na região. Costumava consumir drogas e tinha deixado a prisão há pouco tempo. Na tarde de sábado ele teria se envolvido em uma briga, na qual uma pessoal foi baleada. Entretanto, nenhum nome de suspeito foi mencionado. A polícia acredita em vingança, mas investiga outras hipóteses também.