A proprietária de um Corsa Wind ficou surpresa ao receber uma multa de trânsito, apliada por um radar fixo, com a fotografia de uma Pajero na notificação, ao invés de seu carro. Apesar da evidência de que alguma coisa estava errada, a mulher se dirigiu à Diretran e foi orientada a ir na Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos, para registrar queixa de que a placa de seu carro foi clonada. Só depois teve a multa suspensa.

O diretor Lanes Randal Prates, da Diretoria de Trânsito de Curitiba (Diretran), órgão vinculado à Urbs, informou que, no caso da proprietária do Corsa houve uma “falha humana”. “Depois da verificação, cancelamos a multa. Só que neste caso houve um erro de leitura. A placa do Corsa é AJO e da Pajero AJQ”, explicou Prates. Ele disse ainda que a multa do Corsa foi cancelada e o condutor da Pajero deixou de ser multado. “Deve ter sido o Detran que pediu para que a proprietária do carro comunicasse a delegacia. Nós reconhecemos o erro imediatamente”, salientou.

Multa

A ocorrência da Pajero/Corsa foi registrada no 25 de março desse ano, no radar da Avenida Manoel Ribas, Cascatinha, às 13h24. De acordo com o documento, a velocidade do veículo era de 83 km/h enquanto o permitido é de 60. Neste caso, a multa foi expedida no dia 25 de maio passado. Na última segunda-feira, a dona do Corsa foi até a Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos, registrar a ocorrência. Só então, a multa foi cancelada.