Quatro rapazes foram presos em flagrante com dois carros furtados e com as placas frias. As prisões ocorreram em duas ações da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos de Curitiba (DFRV), após três semanas de investigação. Os dois automóveis estavam com placas trocadas. “Acredito que iam praticar outros crimes com os veículos”, disse o delegado Marco Antônio de Góes. Segundo ele, os quatro não tinham passagem pela polícia.

Os primeiros a ser presos foram Renato dos Santos Fagundes, 31 anos, e Maurício Valério, 24, que estavam no Agile placa ACZ-1191, furtado no Pinheirinho na terça-feira da semana passada. Eles foram detidos terça-feira (8), rodando com o carro pelo Portão. De acordo com o delegado, com a dupla foram encontrados estepes furtados, uma bucha de cocaína e uma “mixa”, ferramenta usada para abrir veículos. A “chave” estava escondida embaixo do banco do passageiro. O veículo estava com as placas ALS-9196. Os dois vão responder por receptação, pois não foram reconhecidos como autores do furto.

Rebouças

Policiais interceptaram o Hyundai I30 preto, AUM-9286, furtado no domingo (6), no Alto da Glória. O carro também estava com sinais identificadores adulterados e as placa ALS-8037, furtadas de outro veículo. Mateus Bondan Fortunato, 19, e o motorista Diego do Rosário, 21, foram presos no Rebouças. Os dois vão responder pelo furto do veículo.