enkontra.com
Fechar busca

Painel do Crime

Interrogatório

Procurada companheira de mulher queimada

Vítima teve o corpo incendiado na casa em que morava com Denise, no Pinheirinho

  • Por Karen Bortolini

A Delegacia de Homicídios continua investigando a morte de Ana Cristina Straub Leite, 35 anos, que morreu sábado, no Hospital Evangélico, com queimaduras por todo o corpo. A polícia trabalha com a hipótese de ela ter jogado álcool e ateado fogo em si, para provocar sua parceira durante uma briga, ou de a parceira, Denise, ter queimado a mulher.

Ela teve o corpo incendiado na casa em que morava com Denise, no Pinheirinho. De acordo com o delegado Rubens Recalcatti, provavelmente a mulher tenha sido queimada nua. “Ela chegou ao hospital com as roupas intactas e foi internada em coma induzido”, comentou. No caminho, a parceira bateu o carro e tentou agredir policiais com uma barra de ferro, enquanto Ana foi socorrida pelo Siate.

Após a morte da vítima, os familiares foram até a casa das duas para pegar seus documentos. “Denise estava dormindo na residência. Agora estamos tentando localizá-la para que seja interrogada”, frisou Recalcatti. Parentes comentaram que elas ultimamente brigavam muito.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Últimas Notícias

Mais comentadas