A primeira Unidade Paraná Seguro foi implantada ontem no bairro Uberaba, em Curitiba, depois de uma semana de presença maciça da polícia nas ruas do bairro para fazer um “arrastão” contra a criminalidade.

Coincidentemente no Dia da Mulher, o comando da primeira UPS foi concedido à Tenente Caroline Costa, que ficou lisonjeada com a escolha. “Vejo como uma grande responsabilidade. As mulheres ainda são minoria na Polícia Militar e essa escolha é uma situação nova. É muito recompensador para mim”, comemora.

De acordo com ela, a partir de sábado quando o efetivo definitivo será levado ao bairro nas “Viaturas Paraná Seguro”, a diferença no trabalho da polícia será o envolvimento com a comunidade.

“Já tivemos algumas reuniões com os moradores e queremos saber quem eles são, onde vivem e quais são seus problemas. Nossa missão é aumentar a aproximação com os moradores”, lembra a tenente.

O trabalho da polícia será feito em conjunto com vários órgãos públicos. Durante o lançamento da UPS, uma feira de serviços aconteceu no Centro de Referência e Assistência Social do bairro, com representantes de várias secretarias do governo e da prefeitura, que levaram à comunidade seus projetos, serviços de saúde e confeccionaram documentos, entre outras atividades.

Em um palanque montado em frente ao CRAS, o prefeito Luciano Ducci e o governador Beto Richa, acompanhados do secretário de segurança Reinaldo de Almeida Cesar e do comandante da Polícia Militar, o coronel Roberson Bondaruk, lembraram que a UPS foi criada para começar a mudar a realidade atual da segurança no estado, marcada por altos índices de homicídios, pouco efetivo policial e superlotação nas delegacias.

“Nenhum bairro vai ficar desprotegido na nossa cidade”, ressaltou Ducci. Ele garantiu que outras dez UPS serão instaladas só na capital, até o final do ano. Reforçando que a UPS é um plano global para eliminar a violência, não apenas no âmbito da segurança, Beto Richa anunciou a retomada dos módulos policiais nos bairros, além da construção de escolas estaduais na Vila Audi / União, no Osternack e no Tatuquara, e de novas unidades de saúde.

“O bandido no Paraná tem que saber que não tem mais vez. Nós seremos implacáveis no combate à criminalidade”, garante.

Veja na galeria de fotos como foi.