As primas desaparecidas desde 29 de julho entraram em contato com a família na quarta-feira. Stephani Fernanda Cândido, 13 anos, e Indianara Cristina Cândido, 12, disseram que estão bem. Uma delas avisou que pretende voltar logo para a casa dos pais. A polícia descartou que as garotas estivessem na casa de um rapaz, que seria namorado de uma delas. O garoto foi localizado e não tem participação no desaparecimento.

As primas foram vistas pela última vez quando saíram de casa, no bairro Ouro Fino, em São José dos Pinhais. Um tio das garotas relatou que várias cartas de um rapaz foram encontradas pelo pai de uma das meninas.

A delegacia de São José dos Pinhais continua investigando o caso. Quem tiver informações sobre o paradeiro das meninas pode entrar em contato pelo telefone (41) 3299-1500.