Foto: Átila Alberti/Tribuna

Alberto e Osmar furtavam plástico.

A Polícia Rodoviária Federal prendeu ontem, na BR-116, em Campina Grande do Sul, dois homens acusados de fazer parte de uma quadrilha de roubo de cargas. Osmar Sampaio de Araújo, 42 anos, e Alberto Pinto, 72, foram presos ao desviar duas toneladas de polietileno (matéria-prima do plástico).

Policiais da 1.ª Delegacia da PRF investigavam a quadrilha há dois meses. Na tarde de ontem, a equipe do Comando de Operações Policiais Especiais da PRF flagrou o desvio da carga. De acordo com o policial Marcelo Cidade, Alberto veio do Rio de Janeiro, rumo ao Rio Grande do Sul, com o caminhão Mercedes-Benz placa LVA-0354, carregado com 28,480 toneladas de polietileno – carga avaliada em R$ 123 mil. No posto de combustível desativado, na BR-116, Osmar esperava o comparsa com o caminhão menor, da mesma marca, placa BKN-3000.

Quando Osmar chegou, segundo a polícia, eles transferiram mais de duas toneladas do material, até serem presos em flagrante. ?Alberto trabalhava para a empresa Suzano Petroquímica. Ele desviava parte da carga, para não chamar a atenção, e Osmar a revendia, por valor abaixo do mercado, em São Paulo?, contou Cidade, lembrando que as investigações serão intensificadas, porque há suspeita que outros funcionários da empresa estejam envolvidos no esquema. Osmar e Alberto foram levados à Delegacia de Estelionato e Desvio de Cargas.