Rafael Eduardo Bratti, 25 anos, e Diogo Fernando Guimarães, 28, conhecido como “Birruga”, foram presos por investigadores da delegacia de Pinhais. A dupla é suspeita de ter matado Fred Gonçalves Duarte, 26, em dezembro do ano passado, mas negou o crime.

Segundo o delegado Fábio Amaro, os investigadores descobriram que tanto a vítima quanto os suspeitos integravam gangues rivais, no bairro Maria Antonieta. “Ficamos sabendo que alguns dias antes do crime aconteceu um tiroteio entre eles, e a namorada de um dos suspeitos foi ferida”, explicou o delegado.

Rafael foi preso na manhã de ontem em Pinhais, e Diogo, na casa de parentes, em Porecatu, no interior do estado. Ele também é suspeito de ter matado Fábio Inácio da Silva.