Policiais civis do Grupo de Diligência Especiais (GDE), da 15.ª Subdivisão Policial de Cascavel, resolveram em poucas horas o caso do estupro de uma menina de 13 anos. O crime ocorreu na tarde de terça-feira (17) e à noite, os suspeitos Lucas Rodrigues, 18 anos, e um adolescente, de 14 anos, já estavam detidos.

De acordo com o delegado Amadeu Trevisan Araújo, chefe da 15.ª SDP de Cascavel, os dois acusados se encontraram com um amigo, por volta das 14h40 e foram apresentados a três garotas, entre elas, a vítima. “Segundo os depoimentos, todos teriam ido para a casa de Luiz Paulo Ventura, 19 anos, para ingerir bebidas alcoólicas”, disse o delegado.

Ainda segundo depoimentos, os acusados teriam levado a vítima, que já estava embriagada, para dentro de um trailler, estacionado na casa de Ventura, onde a estupraram. “Segundo foi apurado e confessado pelos acusados, primeiramente a vítima foi violentada por Rodrigues e depois pelo adolescente”, explicou o delegado.

A vítima foi atendida em um hospital e os médicos comunicaram o caso à polícia. “Logo depois, iniciamos as buscas e os acusados foram encontrados e autuados em flagrante”, completou o delegado.

Rodrigues está detido na carceragem da 15.ª SDP de Cascavel e o adolescente foi encaminhado ao Centro de Socioeducação (Cense) de Cascavel, onde está à disposição da Vara da Infância. Eles irão responder por estupro. Luiz Paulo Ventura também foi detido, acusado de fornecer bebida alcoólica para menores de idade, mas pagou fiança e foi liberado.