Cinco homens foram presos ontem, em Guarapuava, região central do Estado, por fazerem parte de uma quadrilha que retirava madeira ilegalmente na Serra da Esperança. Fazendo-se passar por funcionários do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), os criminosos ameaçavam os posseiros e levavam a madeira do local. Com eles, foram apreendidos ainda serras elétricas, equipamento de localização via satélite e espingardas. A polícia investiga, ainda, o envolvimento da quadrilha em dois assassinatos ocorridos na região.