Acusados de roubar dois relógios Rolex na manhã de sábado, no Batel e no Água Verde, Rodrigo Felix dos Santos, 30 anos, e Wellington Willian de Oliveira, 31, foram presos em flagrante por investigadores da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR). Eles confessaram que vieram de Embú (SP) para roubar relógios em Curitiba.

As prisões foram efetuadas na tarde de sábado, depois que a vítima do primeiro assalto registrou queixa na DFR. De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima foi abordada por dois indivíduos em uma motocicleta, com placa de Embú, por volta das 12h30, quando caminhava pela Rua Comendador Araújo. Enquanto era feito o boletim, o delegado Rubens Recalcatti recebeu a informação de que havia ocorrido outro roubo de Rolex, desta vez no Água Verde.

Em patrulhamento, os investigadores encontraram a motocicleta dos suspeitos estacionada em um posto de gasolina, na Avenida Batel, juntamente com um veículo Marea. Dentro da loja havia quatro indivíduos, sendo que dois deles foram reconhecidos pelos policiais por meio das descrições feitas pela vítima. Os policiais localizaram um Rolex no Marea, mas que não seria de nenhuma das vítimas, e um revólver calibre 38.