Dois homens que passavam por policiais civis e extorquiam pessoas na região central de Curitiba foram presos por policiais do 1.º Distrito Policial, no momento em que estavam prestes a receber R$ 2,7 mil de uma das vítimas. Robson Barbosa de Moura, 48 anos, e Silvio Pereira Araújo Pinto, 42 anos, foram presos nas esquina das ruas Trajano Reis e 13 de Maio.

Segundo o delegado titular do 1.º DP, Jairo Estorilio, os homens escolhiam as vítimas pelas ruas centrais da capital, se apresentavam como se fossem policiais civis e diziam que a pessoa estava cometendo um crime.

Eles pediam valores entre R$ 3 mil a R$ 15 mil para seus alvos. “Quando se apresentavam, eles mostravam rapidamente uma carteira com um brasão dourado, parecendo ser de um delegado. O outro tinha uma carteira de investigador falsa, com o emblema da Polícia Civil”, contou o delegado.

Estorilio explicou que no 1.º DP há três Boletins de Ocorrências (BOs) com casos de extorsão praticados pelos falsos policiais. “No dia 20 fomos procurados por um instalador de calhas que foi abordado na Rua Riachuelo. Eles disseram que ele era um traficante e exigiram R$ 3mil. Ele pagou R$ 300 e ficou de entregar os outros R$ 2,7 mil na sexta. Aí fizemos a campana e os prendemos no momento em que iriam receber”, contou o delegado.

A dupla foi autuada por extorsão e falsidade ideológica. “Coma divulgação das imagens deles e da história esperamos que mais vítimas apareçam. Quem foi vítima desses marginais pode procurar o 1.º DP pelo telefone (41) 3233-6672”, disse Estorilio.