Dois homens foram presos portando cédulas falsas na tarde desta segunda-feira (23). Tio e sobrinho, os dois seguiam para o Litoral do Estado, pela BR-277 passando as notas em diversos estabelecimentos comerciais. Um dos comerciantes, ao perceber que havia sofrido o golpe, deu queixa á Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Por volta de 13h eles foram parados no posto da PRF na rodovia Alexandra Matinhos. Ao serem questionados, negaram o envolvimento, porém ao revistar o carro, os policias encontraram 28 cédulas falsas de R$100. Segundo delegado chefe da Polícia Federal (PF) de Paranaguá, Jorge Luis Fayad Nazário, as falsificações são perfeitas.

O delegado afirmou que o sobrinho, Thiago Dorolla, de 24 anos, disse não ter conhecimento do crime. Já o tio, Elias Silva, de 36, prestou depoimento para a PF. As suspeitas são de que o material tenha sido fabricado na região metropolitana de Curitiba. Os dois serão indiciados pelo crime de Circulação de Moeda Falsa e podem pegar de três a 12 anos de prisão.