Fotos: Divulgação PF
Cecílio é procurado pela Interpol.

Considerado um dos maiores assaltantes de banco e o homem mais procurado da América Latina pela Interpol, Cecílio Alfonso Alvarez, 50 anos, foi preso por policiais rodoviários federais na manhã de ontem, quando viajava em um ônibus convencional, que fazia a linha São Paulo – Foz do Iguaçu. Ele foi flagrado com duas identidades brasileiras falsas. Além destas, uma argentina e outra paraguaia, com seu verdadeiro nome. Alvarez ainda estava de posse de R$ 25 mil e US$ 1 mil.

O supervisor da Polícia Federal, Márcio Hélcio Albino, do posto de Santa Terezinha do Oeste, contou que os policiais fazem operações rotineiras, para combater o tráfico de drogas e armas, além do contrabando e descaminho. Na manhã de ontem, enquanto revistavam um ônibus, verificaram que um dos passageiros carregava R$ 25 mil e US$ 1 mil.

Ele disse que em revista mais minuciosa, acharam a documentação falsa e encaminharam Alvarez para a Polícia Federal de Foz do Iguaçu, onde o preso foi autuado em flagrante por uso de documento falso. Antes de ser encaminhado à Polícia Federal, Alvarez tentou subornar os policiais. ?Ele propôs deixar o dinheiro que carregava para não ser levado à Polícia Federal, dizendo que seria melhor perder o dinheiro do que ser entregue para a Interpol?, relatou o supervisor.

Márcio contou que um dos roubos em que Alvarez é acusado de participar é contra o ABN Amro Bank, em Assunção, onde 40 pessoas foram presas. Ele ainda é suspeito de estar envolvido com a quadrilha que roubou o Banco Central em Fortaleza, em agosto do ano passado. Alvarez tem antecedentes criminais na Bolívia, Argentina, Paraguai e Uruguai.