enkontra.com
Fechar busca

Painel do Crime

Pontal do Paraná

Preso acusado de abusar sexualmente das sobrinhas

As duas meninas têm 5 e 7 anos. Homem foi preso no Balneário Monções

  • Por Karen Bortolini

Depois de ter estuprado a enteada, de 11 anos, por mais de um ano, um homem, de 52, foi preso ao meio-dia de ontem, na passarela da entrada de Quatro Barras. Ele ameaçava matar a mãe da garota caso a menina contasse para alguém o que ele fazia. A polícia chegou até o homem, após uma denúncia feita ao Conselho Tutelar.

O homem forçava que a menina fizesse sexo oral. Traumatizada, ela não queria ficar mais sozinha em casa, pois a mãe trabalha à noite. O tarado confessou que pedia para ela sentar em seu colo e passava a mão pelo corpo da menina, mas negou tê-la estuprado. Os abusos começaram quanto ele tinha 10 anos.

Apoio

A agressão sexual foi descoberta por pessoas que frequentavam um culto religioso com a menina e a mãe. A criança apresentava comportamento diferente das outras de sua idade. A mãe também começou a desconfiar, pois a menina chorava muito quando era deixada em casa e pedia para que ela não fosse trabalhar.

Com mensagens por celular, a vítima começou a se comunicar com os amigos da igreja, pedindo por socorro. A mãe soube o que acontecia e entrou em contato com o Conselho Tutelar, que denunciou o crime à delegacia de Quatro Barras. “Em menos de 24 horas a prisão dele foi decretada. Marcamos encontro anônimo com ele na entrada de Quatro Barras e conseguimos prendê-lo”, conta o delegado Wilciomar Voltaire Garcia.

Violento

O detido disse já ter trocado tiros com a polícia e confessou ser violento. Ele será transferido para o Centro de Triagem II, em Piraquara. A menina passará por exames de corpo de delito no Instituto Médico-Legal e contará com apoio psicológico do Conselho Tutelar.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Últimas Notícias

Mais comentadas