Com pelo menos um tiro no peito, o presidiário Iedebrando Chagas de Oliveira, mais conhecido como “B.A”., 30 anos, foi assassinado por volta das 2h da madrugada de sábado, no quilômetro 14 da BR-116, na Vila Zumbi dos Palmares, em Colombo. O corpo, caído ao lado da lombada eletrônica, na rodovia sentido São Paulo-Curitiba, foi encontrado duas horas depois.

De acordo com informações colhidas pela polícia, quatro homens fortemente armados invadiram a casa de Ildebrando, situada na Rua Dois, na Vila Zumbi dos Palmares. Ao ver os desafetos, o presidiário conseguiu escapar, mas não conseguiu ir muito longe. A moradia foi revirada pelos criminosos, que depois saíram à procura de Ildebrando e não demoraram a localizá-lo.

Só duas horas depois o corpo foi encontrando por um transeunte. Provavelmente outras pessoas passaram pelo local antes do achado, mas como o lugar é escuro, não perceberam o cadáver.

Ildebrando cumpria pena por roubo, na Colônia Penal Agrícola, em Piraquara, e na sexta-feira saiu com portaria para ir para casa. Certamente seus desafetos souberam e resolveram “acertar contas”.