Policiais da Delegacia de Furtos e Roubos prenderam no final de semana membros de uma quadrilha especializada em assaltos a residência em Curitiba. Foram presos Dionatan Soares, 21 anos, e Jéferson Marcelo Vaz Silva Santos, 25.

Há uma semana, a polícia já havia prendido Felipe Willian Silva Ferreira, 19, Luciano Fernando Bastos, 21, e apreendido um adolescente. Com eles, foram encontrados, câmeras fotográficas, produtos eletrônicos e jóias.

Investigações iniciadas há 30 dias identificaram uma quadrilha que agia na região dos bairros Barigui, Santo Inácio e Bigorrilho. Chefiados por Dionatan, o grupo invadia residências e, sob ameaças de armas, obrigavam as vítimas a entregar tudo de valor que encontravam. A polícia identificou todos os membros e prendeu três participantes.

Até agora duas vítimas, entre elas um promotor que teve a casa invadida, já reconheceram os presos na delegacia. Segundo o delegado-chefe da especializada, Luis Carlos Oliveira, os assaltantes usavam drogas durante os assaltos e faziam ameaças com objetivo de aterrorizar as vítimas.

“Enquanto permaneciam nas residências, os bandidos ficavam usando drogas e ameaçando as vítimas de morte, deixando a todos apavorados. É uma forma de ação típica de quadrilheiros que atacam residências e traumatizam seus moradores” explicou o delegado.

As investigações continuam para identificar outros membros da quadrilha e descobrir onde está o armamento usado durante os assaltos. O delegado espera que, com o reconhecimento feito pelas vítimas, outras ações do grupo sejam esclarecidas.

“O nosso objetivo é desmontar completamente essa quadrilha. Com o comparecimento de outras vitimas à delegacia para reconhecer os marginais, vamos levantar todas as ações e recuperar tudo que foi levado durante os assaltos”, afirmou.

Depois de prestarem depoimento, os assaltantes foram indiciados por roubo, formação de quadrilha. O menor de idade foi encaminhado para Delegacia de Proteção ao Menor.