O prefeito de Marilândia do Sul, município próximo a Maringá, no noroeste do Estado, Jaime Rossi (PMDB), foi condenado pelo Tribunal de Justiça do Paraná a seis anos de prisão pela acusação de homicídio, que teria sido praticado 13 anos atrás.

Ele já tinha sido condenado em primeira instância e com a confirmação da sentença em segunda instância, ele deverá recorrer no Superior Tribunal de Justiça (STF), em Brasília.

Rossi, que já foi eleito três vezes na prefeitura de Marilândia do Sul, e está concluindo seu segundo mandato consecutivo, informou que seus advogados já estão preparando recurso para o STF, insistindo na alegação de que o crime teria sido praticado em legítima defesa.