enkontra.com
Fechar busca

Painel do Crime

Policias do Nuciber descobrem aluno sacana

Jovem é acusado de criar um perfil falso de um professor em uma rede social

  • Por Redação

Policiais do Núcleo de Combate aos Cibercrimes (Nuciber) identificaram um aluno da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) que utilizou o site de relacionamentos Orkut para fazer um perfil falso de um professor. Os policiais pediram a quebra de sigilo de dados cadastrais para a Google Brasil Internet Ltda. A empresa informou que o IP utilizado para a criação da conta tinha a Brasil Telecom como provedora. Com as informações do provedor, os policiais descobriram que a linha estava em nome do pai do estudante.

Personalidade

De acordo com o delegado Demetrius Gonzaga de Oliveira, do Nuciber, o caso aconteceu há cerca de dois anos e depois de um longo trabalho de rastreamento o rapaz foi identificado. “O estudante, que devia ter uns 19 anos na época, usou a imagem do professor, mas lhe atribuiu uma personalidade que não condizia a dele”, disse o delegado.

O estudante vai responder criminalmente por falsa identidade, com pena de três meses a um ano ou multa, que pode ser substituída por pagamento de cesta básica.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Últimas Notícias

Mais comentadas