O Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) prendeu, na tarde de segunda-feira (25), Natália Anjos Hinkel, 51 anos, suspeita de ser dona de desmanche de veículos roubados, em São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba. Com a suspeita, os policiais apreenderam uma espingarda calibre 36, sem registro.

De acordo com a polícia, a partir da prisão de Natália foi possível recuperar uma Parati, roubada na sexta-feira (22), em Araucária, e dois Voyage, também roubado, além de diversos segmentos de chassi sem registro de queixa, que seriam implantados em outros veículos, caixas de câmbio e vidros.

Os veículos da marca Volkswagen e com vários anos de uso eram os preferidos e eram roubados na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). “Esses automóveis tinham suas numerações identificadoras de chassi e motor adulterados, em alguns casos repintados, e depois vendidos”, explica o delegado-chefe do Cope, Hamilton Cordeiro da Paz.

Segundo a polícia, ao ser autuada, Natália alegou que seu filho Valdocir Hinkel, 36 anos, seria o responsável pela adulteração dos veículos. Valdocir, que não tinha antecedentes criminais, não foi localizado pelos investigadores, e terá a prisão preventiva requerida à Justiça.

Natália foi autuada por receptação e por posse ilegal de arma. A suspeita foi encaminhada ao Centro de Triagem 1, na Travessa da Lapa, em Curitiba.