Policiais militares de todo o Paraná estão se mobilizando para acompanhar a votação do projeto de lei que trata do aumento salarial para a corporação, que ocorrerá na segunda-feira, na Assembléia Legislativa do Paraná.

Em sites de relacionamento, há informações de caravanas que estão sendo montadas para trazer policiais do interior e do litoral para a capital paranaense. Embora o objetivo da lei seja de aumentar o salário da categoria, diversos policiais estão revoltados pela diferença entre o ganho dos oficiais e dos praças.

A reclamação é de que o reajuste seria de aproximadamente R$ 400 para um soldado, enquanto que as altas patentes teriam acréscimo de mais de R$ 3 mil. A explicação para essa discrepância é que o reajuste é baseado num percentual, portanto, o aumento será maior para quem recebe mais.

Em função do descontentamento e de uma possível manifestação de policiais contra o projeto, surgiram boatos de que o comando da Polícia Militar está tentando desarticular o protesto, embora nada tenha sido confirmado.