A operação surpresa contra pirataria, feita por policiais civis de várias unidades, na manhã de quarta-feira, em um shopping da praça Generoso Marques, teve consequências, mas não para os “piratas”. Fontes extraoficiais informaram que alguns dos participantes da ação já foram transferidos para outras delegacias, como retaliação do comando da Polícia Civil. Policiais qualificados em unidades especializadas vão, agora, reforçar as equipes esvaziadas das delegacias da região metropolitana.

Cerca de 40 policiais civis participaram da apreensão de dezenas de produtos piratas, como tênis, camisetas, óculos e, principalmente, CDs e DVDs. Os policiais disseram que a ação “espontânea” era uma forma de se manifestar para melhores salários.