Para desvendar as mortes dos irmãos Lucas e Felipe Vichuate Schlischting, 23 e 21 anos, assassinados com tiros na nuca, na madrugada do sábado, no Alto Boqueirão, policiais da Delegacia de Homicídios trabalham com várias linhas de investigação. Testemunhas começaram a ser ouvidas.

A DH também investiga a denúncia feita à Corregedoria da Polícia Civil de que policiais teriam exigido R$ 3 mil dos jovens, em uma abordagem em que eles foram detidos com droga. Segundo a DH, ainda é cedo para afirmar se policiais estão envolvidos no duplo homicídio. Uma das linhas de investigação, segundo o delegado Rubens Recalcatti, aponta acerto de contas ligado ao tráfico.