A investida de policiais civis, que trabalhavam disfarçados, contra um grupo de assaltantes de veículos, na região da Vila Torres, por volta das 20h de ontem (18), teve troca de tiros e perseguição até a Rua Chile, no Rebouças. Mais tarde, outras equipes policiais fizeram patrulha pelo Parolin, na tentativa de encontrar os bandidos, que fugiram em uma Fiorino branca, que até o início da madrugada não tinha sido encontrada.

Os tiros aconteceram na região do Prado Velho. De acordo com informações, repassadas para a Polícia Militar, os investigadores do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), que estavam em uma Ducato branca, atiraram contra a quadrilha em fuga. Porém, disseram ter atingido apenas os vidros traseiros. Perderam o veículo de vista no Rebouças.

MON

Na sexta-feira retrasada (08), outra equipe disfarçada do Cope trocou tiros com ladrões de carros, perto do Museu Oscar Niemeyer (MON), Centro Cívico. Os marginais foram buscar um Honda Civic roubado, que tinham deixado no estacionamento do museu para “esfriar”. Eles fugiram, abandonaram o carro no Cabral e continuaram a fuga em uma caminhonete Tucson. No fim da tarde, foram presos no pátio de um supermercado no Jardim das Américas. O veículo também era roubado. Alexandre Régis Franco, 22 anos, foi preso em flagrante e um adolescente, de 17, foi apreendido.

Santa Felicidade

Ainda na noite desta segunda-feira, outra quadrilha de ladrões de carro roubou um Fiat Stilo, em Santa Felicidade. De acordo com a polícia, eram quatro indivíduos, em duas motocicletas. Dois deles entraram no carro e fugiram pela Rua Justo Manfron, até alcançarem a divisa com Almirante Tamandaré.  A fuga foi escoltada pelas motocicletas.