Atendendo aos pedidos feitos pela Secretaria de Justiça (Seju), a Polícia Militar reforçou a segurança interna da Penitenciária Estadual de Piraquara (PEP), no sábado. Com isto, os presos voltaram a receber visitas, ir ao banho de sol, receber sacolas de mantimentos dos familiares, entre outras atividades.

A PEP estava “trancada” desde terça-feira da semana retrasada, quando um agente penitenciário foi severamente ferido pelos presos que, naquela penitenciária, são maioria pertencentes à facção criminosa PCC ou simpatizantes. Desde então, os presos estavam sendo mantidos trancados nas celas dia e noite, sem direito às atividades extras. Somente saíam os presos que tinham audiências em fóruns ou problemas graves de saúde e precisavam de atendimento.

Revoltados porque estavam trancados há mais de uma semana, os detendos tentaram agredir outros dois agentes que entregavam o almoço, sexta-feira. Mas apenas um deles ficou ferido levemente.