Uma quadrilha especializada no roubo de cargas de fertilizantes foi presa com 250 toneladas de fertilizantes em Maringá, no noroeste do Estado, pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) no último final de semana.

A partir de uma denúncia anônima, o Gaeco monitorou a movimentação dos ladrões numa empresa de fertilizantes no Parque Industrial e oito pessoas foram presas em flagrante, quando o grupo tentava deixar a cidade com a carga.

De acordo com a polícia, um informante repassava ao grupo detalhes sobre o transporte de carga de determinada empresa, informando a data do carregamento.

O grupo chegava na empresa antes da transportadora contratada para o serviço. Os bandidos passavam-se por funcionários da transportadora e levavam a carga. Depois, trocavam as placas dos caminhões para dificultar a localização da carga. A polícia suspeita, ainda, que o grupo usava notas fiscais frias para realizar o transporte.

Os oito presos foram encaminhados para a 9.ª Subdivisão de Polícia e vão responder pelos crimes de formação de quadrilha, adulteração de identificação de veículo automotor, uso de documentos falsos, falsidade documental e tentativa de furto qualificado. A suspeita é que os envolvidos tenham aplicado o golpe em outras regiões do Paraná e no interior de São Paulo.