Policiais civis do 11.º Distrito Policial prenderam em flagrante na tarde de terça-feira (17) um homem de 48 anos acusado de estupro e atentado violento ao pudor. De acordo com a polícia ele é acusado de abusar sexualmente de sua enteada, uma criança de oito anos de idade, há cerca de um ano. Barbosa foi preso nas proximidades do Colégio Diadema II na Cidade Industrial de Curitiba.

A polícia tomou conhecimento do crime por meio de uma denúncia de uma pessoa que não quis ser identificada por volta da uma hora da tarde de terça-feira. A testemunha informou que, sem que o autor percebesse, conseguiu presenciar por uma fresta do quarto o estupro que ocorreu por volta das 12h30. “A testemunha inclusive havia filmado a cena com o seu aparelho celular e mostrou aos investigadores”, disse o delegado Anderson Cássio Ormeni Franco, do 11º Distrito Policial.

Após a denúncia os policiais iniciaram as buscas e conseguiram prender o acusado nas proximidades de um colégio no bairro CIC. “Em seguida os policiais seguiram até a escola onde estuda a criança, que diante da diretora e pedagoga confirmou os fatos narrados e filmados”, explicou o delegado.

O Conselho Tutelar da Cidade Industrial de Curitiba foi acionado para que conduzisse a criança até a delegacia e desse o primeiro atendimento a ela. “Em sala reservada a criança confirmou para as conselheiras que há cerca de um ano era abusada sexualmente pelo acusado, e que o ato costumava ocorrer de uma a duas vezes por semana”, afirmou o delegado.

Ainda segundo a polícia o acusado trabalha somente nos finais de semana como músico, o que facilitou o abuso à criança. Ele vive com a mãe dela há aproximadamente um ano. “A mãe já foi ouvida e relatou que não desconfiava do que vinha ocorrendo”, completou o delegado. A criança foi encaminhada pelo Conselho Tutelar ao Hospital Pequeno Príncipe para ser submetida a exame de conjunção carnal e anal, e os laudos devem confirmar os fatos. O acusado foi interrogado mas se reservou ao direito de falar somente em juízo. Ele foi autuado em flagrante por estupro e atentado violento ao pudor, e encaminhado ao Centro de Triagem II em Piraquara, onde está à disposição da Justiça.