A Polícia Militar, em parceria com outros órgãos, começou segunda-feira a Operação Proteção Portuária nas imediações do Porto de Paranaguá. A atividade, nesta primeira fase será mantida até o Carnaval, com o objetivo principal de coibir o transporte clandestino de cargas irregulares.

Em média, 8 mil caminhões circulam nas imediações do porto, pessoas conseguem renda da carga das sobras de carregamentos e de desvio de grãos, na chamada vazada, em que parte de cargas são furtadas de carrocerias. “Vamos combater cargas clandestinas, o crime de vazada em pontos específicos, coibir a varredura em via pública, que provoca sérios problemas de saúde pública, e identificar locais clandestinos”, explica o tenente-coronel Lanes Randal Prates, comandante do 9.º Batalhão da Polícia Militar.