A Polícia Civil de Rio Branco do Sul tem pelo menos duas linhas de investigação para a morte do comerciante Joelson Martins Coutinho, 31 anos. Ele foi assassinado com vários tiros por volta das 2h30 de quinta-feira, na casa onde morava com a família, na localidade Ribeirinha, zona rural de Rio Branco Sul.

De acordo com o relato de testemunhas para a polícia, a casa foi invadida por pelo menos 10 pessoas, supostamente para efetuar um assalto. Alguns integrantes da quadrilha estavam armados, e Joelson, na tentativa de evitar o crime, reagiu a abordagem dos bandidos. Um deles efetuou vários tiros. Oito acertaram o comerciante que morreu na hora. A mulher, na tentativa de proteger o filho recém nascido, escondeu a criança embaixo do berço, mas mesmo assim foi agredida com coronhadas.

Logo em seguida os matadores fugiram levando alguns pertences das vítimas.

A polícia tem duas linhas de investigação para o crime, a principal delas é que Joelson foi morto durante uma tentativa de assalto, e morreu porque reagiu a ação dos bandidos. Outras hipóteses dependem de investigação que deve acontecer nos próximos dias.