O delegado-chefe da 15.ª Subdivisão Policial de Cascavel, Julio Cezar dos Reis, anunciou a conclusão dos trabalhos realizados durante a Operação “Expresso PC”. A ação policial concentrada diretamente no combate à violência e criminalidade em Cascavel teve início no dia 8 de abril. “Estas ações intensificadas inclusive com bloqueios de trânsito e cumprimento de mandados judiciais, faz parte das diretrizes traçadas pelo governo do Estado, no Programa Paraná Seguro”, explica Reis.

No período de quase 60 dias em que foi realizada a Operação “Expresso PC”, foram contabilizadas 58 prisões. Deste total, 32 pessoas foram presas em flagrante e 26 em cumprimento a mandados de prisão.

O que chamou a atenção foram as prisões relacionadas a homicídios e tentativas de homicídio. Foram 19 pessoas presas, algumas em flagrante e outras em cumprimento a mandados judiciais. Em seguida, as prisões de acusados de roubo, furto e receptação ganharam destaque, chegando a 14 registros.

O combate ao tráfico de drogas, tendo em vista que é considerado o motivador de muitos crimes contra a vida e contra o patrimônio, resultou em 12 prisões.

O delegado-operacional, Edgar Dias Santana, ressalta que dentro da Operação “Expresso PC” foram realizadas outras operações concentradas, como a “Hydra” e a “Jogo de Camisa”. “O tráfico de drogas e os crimes que gravitam em torno desta atividade foram fortemente combatidos. Estamos satisfeitos com os números alcançados”, completa Santana.