Os policiais da Delegacia de Araucária que investigam a morte de três pessoas na semana passada no bairro Capela Velha já possuem informações importantes para prender os assassinos.

Segundo a polícia civil, os autores foram identificados e devem ter seus mandados de prisão expedidos pela Justiça nos próximos dias. Willian Araújo da Silva, 18 anos, e Juliana da Silva, 30, foram baleados na noite de sexta (21), em uma quadra esportiva e morreram no Hospital Municipal de Araucária.

Na manhã de sábad (22) o o corpo de Ivan da Silva, que estava desaparecido desde a noite de sexta, foi encontrado em um matagal próximo à quadra.
Os nomes dos suspeitos não foram divulgados para não atrapalhar as investigações.

De acordo com a polícia, os assassinos fazem parte de uma quadrilha responsável pela morte de outras pessoas na região de Araucária. Além dos mandados de prisão, outros de busca e apreensão foram pedidos pelos investigadores.

O tiroteio foi por volta das 20h, no colégio estadual que fica na Rua Flamingo. No dia que o corpo de Ivan foi encontrado, a Guarda Municipal informou que o local é aberto à comunidade e é utilizado por usuários e traficantes de drogas.

No bolso de Willian, foram encontradas sete pedras de crack. Ainda segundo a polícia, as três vítimas eram amigas. Os autores podem ser presos a qualquer momento.