enkontra.com
Fechar busca

Painel do Crime

PM instala corregedoria no Centro de Curitiba

A Coger atenderá denúncias sobre desvio de comportamento dos policiais

A Corregedoria da Polícia Militar do Paraná (Coger) foi instalada em prédio próprio no centro de Curitiba na manhã desta terça-feira (21/08) e passa a atender a população pelo telefone 0800-643-7090, para denúncias sobre desvio de comportamento dos policiais.

A solenidade foi presidida pelo secretário estadual da Segurança Pública, Reinaldo de Almeida Cesar, e pelo comandante-geral da PM em exercício coronel Cesar Alberto Souza.

O secretário disse que a consolidação da Corregedoria da PM é mais uma das ações do programa Paraná Seguro. “Quem protege os maus ofende os bons. A Polícia Militar do Paraná é formada, em sua imensa maioria, por pessoas de bem, que sentiram vocação para a atividade policial. É preciso expurgar da corporação os maus policiais”, disse.

De acordo com Almeida Cesar, será proposta alteração na legislação estadual, a exemplo de estados como São Paulo, para tornar mais rápido o procedimento disciplinar.

O corregedor será o coronel César Vinícius Kogut. A Coger foi criada pelo Decreto Estadual 9.040, em 15 dezembro de 2010, e substitui a antiga Seção de Justiça e Disciplina da PM. A unidade apura as irregularidades de integrantes de policiais militares em todo o Estado.

Endereço

A sede da Corregedoria foi instalada na esquina das ruas Sete de Setembro e da Paz, ao lado do Mercado Municipal de Curitiba. A unidade deverá ganhar subsede em Londrina. “A PM está aperfeiçoando seus mecanismos de controle dentro da política de transparência e intransigência ao erro. Temos compromisso com os bons policiais e abrimos canal para a comunidade auxiliar no trabalho”, declarou o coronel César.

“As ações da Corregedoria obedecem a rígidos princípios éticos, técnicos e legais, além de zelar para que a atividade policial respeite os direitos humanos inerentes a todo cidadão, conforme exigido pela Constituição da República Federativa do Brasil e por diversas normas jurídicas internacionais”, afirmou o corregedor Kogut.

O telefone 0800-643-7090 recebe denúncias sobre desvio de conduta de policiais de todo o Estado. César explica que, com a Corregedoria fora do quartel do Comando Geral, as pessoas não se sentirão inibidas em levar denúncias.

Resultados

Em 2010, a Polícia Militar excluiu 15 policiais militares (entre oficiais e praças); 18, em 2011; e 11 desde janeiro. Neste ano, foram instalados 426 inquéritos policiais militares, 754 sindicâncias, 50 conselhos de disciplina e emitiu 15 autos de prisão em flagrante.

No ano passado, foram instaurados 591 inquéritos policiais militares, 1.011 sindicâncias, 82 conselhos de disciplina, três conselhos de justificação e emitiu 18 autos de prisão em flagrante.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Últimas Notícias

Mais comentadas