Arildo Ramos não teve a
mesma sorte de seu comparsa.

A tentativa frustrada de roubar um veículo e cometer um seqüestro acabou mal para Arildo Manoel Ramos, 18 anos. Ele foi detido por policias militares depois de uma perseguição ocorrida na BR 116, na noite de quarta-feira. O comparsa de Arildo conseguiu escapar do cerco policial.

Por volta das 23h40 a dupla deu voz de assalto a dois ocupantes do Golf placa AJN-5060, que estava estacionado na Avenida Presidente Getúlio Vargas, no Rebouças. Arildo e o comparsa tomaram as vítimas como reféns e fugiram do local com o carro. Em seguida, algumas pessoas que presenciaram a ação dos bandidos, acionaram a Policia Militar, que passou a realizar buscas pela região. Quando os seqüestradores trafegavam pela Avenida Juscelino Kubitschek, os policiais tentaram abordá-los, mas eles empreenderam fuga e foi dado início à perseguição.

Arildo e o comparsa seguiram pela BR-116, sentido Fazenda Rio Grande, mas quando chegaram próximo ao Posto Pampa, desistiram da fuga e abandonaram o carro. Os reféns, que ainda estavam no carro, saíram ilesos, enquanto a dupla embrenhou-se em um matagal, às margens da rodovia. Ao persegui-los, os policiais conseguiram deter apenas Arildo e apreenderam com ele uma revólver calibre 38. O seqüestrador foi levado à Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos.