A Polícia Civil de Piraquara investiga três homicídios ocorridos no município em três dias seguidos. Na noite de quinta-feira, Robson Marques Viezel, 22 anos, foi executado a tiros na esquina da Rua Jani Rangel com a Rua Betonex, no Jardim Holandês. A polícia busca pistas sobre os autores do crime.

Por volta de 18h de sexta, o auxiliar de serviços gerais Airton da Silva Júnior, o “Ratinho”, 23, foi morto com quatro tiros. Segundo a polícia, as balas o atingiram na testa, na boca, no braço e nas costas. O crime ocorreu na Rua Natalício Barbosa Neto, Guarituba, mesmo bairro onde ele morava. Segundo o investigador Luiz, os criminosos desapareceram após atirar. O policial acredita que Airton ainda tentou fugir e tombou ao lado do canal extravasor. Um documento encontrado com a vítima indica que Airton fazia tratamento para se livrar das drogas.

Seis tiros

Outra vítima da violência na cidade foi o açougueiro Claudecir Vieira Padilha, 28 anos, ferido com seis tiros, no início da tarde de sábado. O crime aconteceu na Rua Jorge Faustino da Silva e, segundo testemunhas, ele havia sido ameaçado de morte por um adolescente depois de uma briga, em uma partida de futebol.