Polícia suspeita que
traficantes estejam por trás
da morte de Erivelton.

O pedreiro Erivelton José Lourenço dos Santos, 26 anos, foi morto a tiros na Rua Padre Humberto Rubig, próximo à esquina com a Rua Luciê Laval, conjunto Nemari III, Borda do Campo, em São José dos Pinhais. O assassinato foi cometido pouco antes das 21h de sábado. O motivo e a autoria do crime permanecem desconhecidos para a polícia, porém acredita-se em envolvimento da vítima com traficantes.

Erivelton deixou seus cinco filhos, no conjunto Nemari I, e estaria andando pelo bairro vizinho quando foi assassinado. De acordo com levantamento preliminar, ele foi atingido por um tiro na perna e mais três no peito. O rapaz caiu no gramado ao lado da rua de terra. A região é pouco iluminada, o que dificultou que moradores pudessem ter visto a ação dos bandidos.

Ninguém soube informar aos policiais militares do 17.º Batalhão que atenderam à ocorrência algo que pudesse identificar o criminoso, ou mesmo, se Erivelton foi morto por mais de uma pessoa. Familiares do rapaz comentaram que ele teria se envolvido com pessoas perigosas, mas não souberam fornecer detalhes.

O caso está sendo investigado pela delegacia de São José dos Pinhais, que deverá ouvir as pessoas com quem Erivelton tinha contato, para buscar pistas que orientem o trabalho policial.